quinta-feira, julho 28, 2011

Senses Alvarinho 2010

A casta alvarinho está na moda e, como tal, espalha-se pelo país. É difícil competir com a excelência dos alvarinhos da sub-região de Melgaço e Monção… tudo o resto será sempre comparado com o que pelo Minho se faz.
.
Este, em concreto, não foge a essa regra. Ganha na oportunidade que se abre com a moda do alvarinho, perde na comparação. O Alentejo não é o Minho e a casta gosta mais de lá de cima. Feitios!
.
Gostei das notas cítricas e as tropicais não me enjoaram, o que muitas vezes me acontece, com notas de pêssego. Tem frescura, embora não sendo do que mais fresco anda por aí. Um bom vinho para os peixes de Verão.
.
.
.
Origem: Regional Alentejano
Produtor: Adega de Borba
Nota: 5/10

4 comentários:

Okamix disse...

Estou visitando o site pela primeira vez e gostei bastante !

Já adicionei o site nos favoritos para estar acompanhando as novidades !

Parabéns e Sucesso !
http://www.okamix.com.br

João Barbosa disse...

olá, muito obrigado. um abraço e votos de iguais sucessos

Anónimo disse...

E o que acha da medalha de prata ganha por este vinho no Decanter 2011? Parece que não é assim tão mau!

João Barbosa disse...

caro anónimo, não digo nada a medalhas, é assunto que não me interessa nada... há medalhas para tudo e para todos os gostos...
.
quanto à qualidade do vinho, diria que o vinho é «bom», devido à nota 5 que lhe atribui (a pontuação positiva começa no 3)