quinta-feira, outubro 11, 2007

Dolium Escolha Antão Vaz 2006

Os críticos encartados gostam de se colocar numa posição quase divina e dizem que se distanciam dos seus gostos quando fazem as suas provas. Seja. Será. Não acredito, mas pronto. Por mim reconheço que o meu gosto molda a maioria das minhas opiniões, embora não cegue as análises.
Vem tudo isto a propósito dum vinho que não sendo mau - no sentido de mal feito - aliás tido como muito bom não me passa no goto. O enólogo é de insuspeitável competência, com muitas provas dadas e bela reputação. Contudo, o vinho que é bom ou muito bom é insuportável.
Pesando o gosto e a necessária distância face ao objecto, julgo que este é dos vinhos que mais dificuldade me deu para chegar a uma nota equilibrada. Tentei ser justo comigo (opinião e gosto) e com o produtor (competência, empenho, conhecimento). Uma nota que não deixa de ser positiva, mas que fica aquém das expectativas para este produto, fama e preço.
Diz-se em português vernáculo: é um vinho cheio de mariquices. É demasiado delicado. Demasiado frutado. Demasiado fácil, que até chateia. Aliás, nem chega a agradar. É a ilustração da moda (nunca uma caricatura), no nariz e na boca. Tão frutado que é enjoativo... e floral como um guarda-fato de velha gaiteira.
Lamento: não gostei mesmo nada deste vinho aplaudidíssimo (provavelmente de forma acertada).
Com toda a certeza ouvirei: «Não gostas? Há quem goste, mais fica!»

Origem: Regional Alentejano
Produtor: Paulo Laureano Vinus
Nota: 4/10

4 comentários:

Copo de 3 disse...

E provado ao lado do Singularis parecem dois irmãos, um custa o dobro e a diferença pouco se nota.

Sinceramente a graça que tinha perdeu-se com o tempo. Venham outros.

Colheita de Vinhos disse...

Grande João,

Fiquei muito contente por ter adicionado o blog "colheita de vinhos", o seu também já está adicionado!
Muito bom seus comentários, e muito crítico, parabéns!
Gostaria de dar uma sugestão de colocar quanto custa os vinhos, fico imaginando o quanto seriam ...

Abraços,

Guilherme

P.Rosendo disse...

Pois eu amigo João também não gostei como bem sabes.

Anónimo disse...

Boa noite,

Eu gosto bastante do Paulo Laureano com os vinhos da Herdade do Mouchão. E, aproveitando a pechincha deste Dolium estar por estes dias com 75% de desconto no Continente, atrevi-me a comprar umas garrafitas. Depois de provado se verá.