quarta-feira, outubro 31, 2012

Mundus Branco Leve (2011)

A primeira vez que bebi um «vinho leve», um étnico da Estremadura e parte do Ribatejo, não gostei. Mas é que não gostei mesmo. Porém, este Verão deixei-me seduzir pela curiosidade insistente: será que uma nova prova daria um resultado diferente?
.
Sim deu. Repeti e voltou a dar. E mais uma vez, idem. Que bela coisa para alegrar o Estio! Para a piscina, para a tarde depois da praia, para as saladas, marisco e churrascos. Gostei, pá!
.
9,5% de álcool, pá!
.
.
.
Origem: Regional Lisboa
Produtor: Adega Cooperativa da Vermelha
Nota: 3,5/10

terça-feira, outubro 30, 2012

Conde de Vimioso Colheita Seleccionada Branco 2011

Mandaram-me duas garrafas e em ambas veio frescura e descontracção. Uma consumiu-se enquanto dava apoio a um amigo que aqui veio cozinhar e a outra servi-a com uma salada de múltiplos vegetais. É um vinho com graciosa acidez, frescura que se lhe junta as notas cítricas, do limão e da casca de lima.
.
.
.
Origem: Regional Tejo
Produtor: Falua
Nota: 5,5/10
.
Nota: Este vinho foi enviado para prova pelo produtor.

segunda-feira, outubro 29, 2012

Stanley Tinto Reserva 2008

Ora, depois do branco, o tinto. Este feito em terras sadinas, mas sem a carismática castelão. Touriga nacional, touriga franca, syrah e petit verdot são as castas do lote deste reserva.
.
É um belíssimo vinho. Porém, não me causou grandes arrepios. Todavia, agradou-me o jogo entre as castas… quase me apetece dizer: tiki-taca. Jogam bem, muito bem… eu é que não gosto do futebol do Barcelona.
.
Resumando e concluando: valerá a experiência e certamente terá um grande agrado no público, nem duvido. Apenas me permito não ir à bola com ele. Para que não restem dúvidas: Nota claramente positiva (correspondente a muito bom).
.
.
.
Origem: Regional Península de Setúbal
Produtor: Fundação Stanley Ho
Nota: 6/10
.
Nota: Este vinho foi enviado para prova pelo produtor.

Trip Advisor recomenda visita à Taylor's e à Croft

A Trip Advisor considera imperdíveis vistas às caves da Taylor’s e da Croft, em Vila Nova de Gaia, informou a The Fladgate Partnership. «Na base desta classificação estão os comentários e as classificações dos milhares de viajantes (Travellers' Choice), que deixam a sua opinião neste portal de viagens. O Porto foi considerado o décimo melhor "destino de vinho" do mundo pelo Trip Advisor.

Quinta do Crasto lança novo Reserva Vinhas Velhas

A Quinta do Crasto apresenta a nova colheita do Reserva Vinhas Velhas, referente à colheita de 2010. Este vinho é feito com uvas de vinhas com uma média de idade de aproximadamente 70 anos, onde se conjugam mais de 30 castas diferentes, informou o produtor em comunicado.

Populi mostra Quintas de Melgaço

O restaurante Populi vai dar a conhecer, a 31 de Outubro, os vinhos das Quintas de Melgaço. O restaurante situa-se no Terreiro do Paço, em Lisboa, e a mostra acontece a partir das 17h30.
.
Torre de Menagem Alvarinho Trajadura, Alvarinho QM e Castrus de Melgaço serão alguns dos vinhos à prova no Populi e que serão combinados com criações do chefe Luís Rodrigues.

Herdade das Servas lança topo de gama

O Herdade das Servas Vinhas Velhas Tinto 2009 chega ao mercado em Novembro, informou o produtor em comunicado. Esta é a segunda colheita (a primeira foi a de 2005) deste topo de gama.
.
«O Herdade das Servas Vinhas Velhas Tinto 2009 apresenta-se com uma imagem renovada, seguindo a linha da actual identidade gráfica da marca topo de gama». O produtor considera que terá evolução positiva entre 13 e 15 anos.
.
«Com reduzida produção por cepa, as uvas são vindimadas manualmente e transportadas para a adega em pequenas caixas (14/16kg), onde são devidamente seleccionadas na mesa de escolha e, em seguida, desengaçadas. Após ligeira maceração pré-fermentativa a 8/10.º, a fermentação ocorre em lagares de inox à temperatura de 26/28.º, com remontagens mecânicas do robot pisador/imersor. Após a afinação de 18 meses em barricas de carvalho francês (80%) e americano (20%), estagia durante mais de 24 meses em garrafa na cave da Herdade das Servas».
.
.
.
Nota: Em breve este vinho será comentado aqui no blogue.

Cais da Villa com nova ementa

O Cais da Villa lançou a carta de Outono-Inverno, que estará ao dispor até 22 de Março. Este restaurante, wine house e lounge de Vila Real apresenta petiscos, pizas, tostas e sobremesas para picar, na wine house, mantendo-se a oferta de sabores inspirados na cozinha transmontana e duriense.
Em comunicado, o Cais da Villa refere que «entre sopas, peixes, carnes, pastas e risotos, pratos vegetarianos e sobremesas são 36 as novidades da nova ementa do restaurante».
.
O Cais da Villa passa também a oferecer uma entrada e dois pratos confeccionados com carne de vitela maronesa: «carpaccio de vitela maronesa com azeite trufado, estaladiço de requeijão e avelãs tostadas»; «posta de vitela maronesa grelhada, batata ao alho, grelos salteados com broa de milho crocante e molho de azeite de Trás-os-Montes aromatizado»; e «medalhão de vitela maronesa em crosta de alheira, ragu de cogumelos, chalotas assadas e molho de trufa preta».
.
A wine house oferece duas opções desta vitela DOP: «prego à Cais da Villa (com vitela maronesa e pão de Favaios)» e «pica-pau de vitela maronesa».
.
Nesta nova carta vai manter-se o «carré de cordeiro assado com amêndoas, puré de batata-doce, espargos e repolgas aromatizadas em azeite trufado e molho de mirtilos», um prato premiado com medalha de ouro no sétimo Concurso de Gastronomia com Vinho do Porto.
No que toca à carta da wine house destaque também para a «lousa de enchidos tradicionais», a «salada de bacalhau com tostas de azeite e alho», a «tortilha de bacalhau» e o «chiffon de laranja e chocolate» no que toca as sobremesas. Há também novidades nas pizas: «tomate fresco, queijo mozzarela, azeitonas e manjericão» e «cogumelos, bacon e cebola roxa».
.
O Cais da Villa está inserido num antigo armazém de caminhos-de-ferro, situado num edifício histórico com mais de 100 anos, junto à antiga estação de comboios de Vila Real.

Neil Martin dá nota máxima a Taylor's 1948

O articulista Neil Martin atribuiu 100 pontos ao Vinho do Porto Taylor’s 1948 e 98 pontos ao Taylor’s 1935, informou em comunicado a The Fladgate Partnership. A prova decorreu em Maio e foi realizada às cegas, envolvendo apenas dez vinhos.
.
«Segundo Neil Martin atribuir a pontuação perfeita a um vinho é um grande risco e para o fazer tem de ter absoluta certeza, por isso raramente o faz. Na última década, em que avaliou mais de 26.000 vinhos, apenas atribuiu a pontuação máxima a 33», lê-se no texto da empresa.
.
Citado pela The Fladgate Partnership, Neil Martin referiu: «Terminámos a noite com dois Portos Vintages lendários o Taylor’s Vintage 1935, que se apresentava impetuoso e exuberante, multidimensional, carnal! Repleto de sabor, a “rebentar pelas costuras”. Contudo, este vinho foi, talvez, ofuscado pela prova daquele que é talvez o melhor Vinho do Porto que já provei, o Taylor’s Vintage 1948. Já é a segunda vez que o provo e literalmente dá-me volta à cabeça. De uma imensa profundidade e muito intelectual, estou convencido que, assim como consigo conceber provar um Vinho do Porto igualmente bom, não posso conceber um vinho do Porto que seja ainda melhor».

Vallado cria programa para o magusto

O Hotel Rural Vínico da Quinta do Vallado preparou um programa de duas noites para o magusto. O programa inclui visitas a alguns locais emblemáticos do Douro, visitas à adega da quinta, peças de teatro sobre a Ferreirinha, momentos musicais e gastronómicos, informou a empresa em comunicado.

quarta-feira, outubro 24, 2012

Milaneza celebra Dia das Massas

Para comemorar o Dia Mundial das Massas em Portugal, a 25 de Outubro,a Milaneza, em parceria com as Juntas de Freguesia do Beato e de Marvila, vai levar mais de mil crianças ao Convento do Beato, em Lisboa. No local vão poder aprender e divertir-se com o universo das massas. Estas crianças vão ter a oportunidade de participar numa viagem lúdica e pedagógica.
.
Para além do «Mundo das Massas», a Milaneza vai desenvolver outras iniciativas, nomeadamente o concurso «Arte com Massa», que vai envolver centenas de escolas do pré-escolar e primeiro ciclo de todo o país, e a Semana Gastronómica das Massas, em parceria com a cadeia de hotéis TRYP e com o Restaurante Gemelli a decorrer de 25 de Outubro a 1 de Novembro. 

Seis mil provaram vinho em Foz Côa

A I edição do Festival do Vinho do Douro Superior recebeu mais de 6.000 visitantes. O evento, que decorreu em Foz Côa entre 19 e 21 de Outubro, superou as expectativas da Câmara Municipal, entidade que organizou a mostra.
. 
O presidente da Câmara de Foz Côa, Gustavo Duarte, sublinha que, para o seu município, onde se situam as grandes marcas de vinhos, era «forçoso, e até obrigatório» avançar com um evento desta natureza.

Resultados do I Concurso de Vinhos do Douro Superior

Conceito Branco 2010, Quinta do Vale Meão Tinto 2009,  Butler Nephew & Co Porto Tawny 40 anos foram eleitos os «Melhores Vinhos» no Concurso de Vinhos do Douro Superior, nas categorias de brancos, tintos e Portos, respectivamente.
.
Esta prova, que se realizou no I Festival do Vinho do Douro Superior, contou com 150 referências em prova. A organização, em comunicado, mostrou-se surpreendida com a adesão dos produtores; quase todos os 50 produtores que participam no I Festival do Vinho do Douro Superior submeteram vinhos a concurso.
.
Lista de premiados:
.
.
Prémio Melhores Vinhos
Conceito branco 2010 (Conceito Vinhos)
Quinta do Vale Meão tinto 2009 (Francisco Olazabal & Filhos)
Butler Nephew & Co Porto Tawny 40 anos (Christie’s Port Wine)
.
.
.
Vinhos Brancos
.
.
Medalhas de Ouro
Conceito branco 2010 (Conceito Vinhos)
Quinta dos Castelares branco 2011 (Casa Agrícola Manuel Joaquim Caldeira)
Tons de Duorum branco 2011 (Duorum Vinhos)
.
Medalha de Prata
Palato do Côa branco 2011 (5 Bagos – Sociedade Agrícola)
.
Medalhas de Bronze
D. Graça Viosinho Reserva branco 2010 (Vinilourenço)
Muxagat “Os Xistos Altoa” branco 201 (Muxagat)
Pios branco 2011 (Quinta de Vale de Pios)
Quinta da Mieira branco 2011 (João Turégano Soc. Vinícola Unipessoal)
.
.
.
Vinhos Tintos
.
.
Medalhas de Ouro
Quinta do Vale Meão tinto 2009 (Francisco Olazabal & Filhos)
Conceito tinto 2009 (Conceito Vinhos)
Fronteira Reserva tinto 2010 (Companhia das Quintas)
Quinta da Leda tinto 2009 (Sogrape Vinhos)
Quinta da Touriga Chã tinto 2009 (Jorge Rosas)
.
Medalhas de Prata
Casa da Palmeira Reserva tinto 2008 (Manuel Joaquim Pinto)
Duorum Old Vines Reserva tinto 2009 (Duorum Vinhos)
CARM Grande Reserva tinto 2008 (CARM – Casa Agrícola Reboredo Madeira
Fraga da Galhofa Touriga Nacional tinto 2009 (Vinilourenço)
Lupucinus Reserva tinto 2009 (Quinta de Lubazim)
Palato do Côa Reserva tinto 2009 (5 Bagos – Sociedade Agrícola)
Pios tinto 2009 (Quinta de Vale de Pios)
Quinta da Canameira Grande Reserva tinto 2010 (Sampaio e Melo Cabral Vinhos de Quinta)
Quinta da Silveira Grande Escolha tinto 2004 (Sociedade Agrícola Vale da Vilariça)
Quinta Dona Doroteia Reserva tinto 2009 (Sebastião Oliveira)
Quinta de Vila Maior tinto 2007 (Manuel Joaquim Pinto)
Van Luyt Reserva tinto 2009 (Quinta de Alaúde)
Quinta dos Quatro Ventos Reserva tinto 2007 (Aliança Vinhos de Portugal)
.
Medalhas de Bronze
Papa Figos tinto 2010 (Sogrape Vinhos)
Fonte das Vinhas tinto 2009 (Meireles Douro Soc. Agrícola e Comercial)
Casa da Palmeira tinto 2008 (Manuel Joaquim Pinto)
Grandes Quintas Reserva tinto 2010 (Sociedade Agrícola da Casa D’Arrochella)
Holminhos Touriga Nacional-Touriga Franca tinto 2009 (Quinta dos Holminhos)
In Culto Reserva tinto 2009 (Zero Defeitos)
Quinta da Silveira Reserva tinto 2008 (Sociedade Agrícola Vale da Vilariça)
Puro Quinta da Touriga tinto 2009 (Jorge Rosas)
Callabriga tinto 2009 (Sogrape Vinhos)
Vale de Pios tinto 2008 (Quinta de Vale de Pios)
Mapa tinto 2009 (Pedro Mário Garcias)
.
.
.
Vinhos do Porto
.
.
Medalha de Ouro
Butler Nephew & Co Porto Tawny 40 anos (Christie’s Port Wine)
.
Medalhas de Prata
Amável Costa 20 anos (Agostinho Amável Costa)
Duorum Vinha de Castelo Melhor Vintage 2009 (Duorum Vinhos)
.
Medalha de Bronze
Amável Costa Tawny 30 anos (Agostinho Amável Costa)

Quinta de Fronteira ganha ouro em Foz Côa

O Quinta da Fronteira Reserva 2010 foi premiado com Medalha de Ouro na categoria de Tintos no Concurso de Vinhos do Douro Superior, que decorreu a 19 de Outubro em Foz Côa, informou a Companhia das Quintas.

Vinhos do Tejo no festival de Santarém

O 32º Festival Nacional de Gastronomia, que decorrerá em Santarém de 26 de Outubro a 4 de Novembro, conta com 14 produtores de vinho da região do Tejo. O evento, que se desenrolará na Casa do Campino, permitirá aos visitantes degustar e comprar os vinhos dos produtores da região, informou a Comissão Vitivinícola Regional do Tejo.

Vallado tem novo website

A Vallado, marca vínica duriense, lançou o seu novo website, com interface mais acessível. Novas funcionalidades, mais informações sobre o hotel rural vínico e vinhos produzidos pelos tetranetos da famosa D. Antónia Adelaide Ferreira, proporcionam maior proximidade entre os amantes do vinho e a quinta, considera a empresa em comunicado.
.
«A Quinta do Vallado, com o lançamento do novo website, dá mais um passo em direcção ao mercado, que tem cada vez mais uma expressão internacional, aumentando simultaneamente a capacidade de gerir os conteúdos de forma independente e oferecendo aos utilizadores – consumidor e média – a oportunidade de encontrar tudo o que precisam de saber sobre a quinta (imagens e informação) num só local», lê-se no texto da empresa.
O mercado asiático merece especial atenção nta nova plataforma, a qual está disponível em mandarim para além doutros idiomas como Inglês ou Francês. «Esta é uma opção estratégica», refere João Álvares Ribeiro, administrador da Quinta do Vallado. «O mercado do Oriente apresenta forte potencial de crescimento e queremos que também esses consumidores, que não têm a cultura anglo-saxónica enraizada e que muitas vezes não dominam a língua inglesa, possam também eles a ter acesso a mais informação sobre o Vallado e saber sobre a origem dos produtos que lhe apresentamos».
.
«A nova versão do website da Quinta do Vallado está preparada para ser visualizada e utilizada em dispositivos mobile, com toda a qualidade e tem uma forte componente de imagem, para que o utilizador se sinta dentro da própria quinta enquanto navega pelo site», considera a empresa.

The Yeatman tem à venda bilhetes para Christmas Wine Experience

O hotel The Yeatman, do Porto, já tem à venda as entradas para a segunda edição do Christmas Wine Experience. O evento vínico que este ano se estende por dois dias (1 e 2 de Dezembro) conta com a presença confirmada de 40 produtores e mais de 100 vinhos à prova das diversas regiões vitivinícolas nacionais, «número que o hotel prevê aumentar nas próximas semanas», lê-se no comunicado.
.
«Os visitantes do II Christmas Wine Experience terão a oportunidade de conhecer uma selecção dos melhores vinhos, alguns muito raros e edições exclusivas, pela mão dos próprios donos e enólogos das quintas, desfrutando assim de uma interacção com os mestres que vivem por detrás dos vinhos premium e super premium de Portugal».

Roquevale lança Reserva Tinto

A Roquevale lançou o Reserva Tinto 2006, informou o produtor em comunicado. Este vinho resulta dum lote de alicante bouschet, aragonês, touriga franca, castelão, alfrocheiro, cabernet sauvignon e trincadeira. O vinho estagiou 24 meses em barricas de carvalho francês.

Wine Enthusiast escolhe Porca de Murça

O Porça de Murça Tinto 2009 integra a lista anual dos 100 melhores vinhos aos preços mais acessíveis (Top 100 Best Buys 2012) da conceituada revista norte-americana Wine Enthusiast, revelou em comunicado a Real Companhia Velha.
.
«Esta é a segunda vez em 2012 que este vinho é distinguido pela Wine Enthusiast, já que na edição de Fevereiro foi eleito como uma das melhores compras (Monthly Best Buy), no patamar de vinhos até dez dólares [7,50 euros]».

Lipton lança novas infusões

Lipton lançou dois novos sabores, Smooth Honey, uma infusão de mel e limão, e Temptation Fruits, com frutos vermelhos. Ambas as infusões estão disponíveis em embalagens de 20 saquetas piramidais, pelo preço de venda recomendado de 1,99 euros.

Viniportugal promove Portugal na China

A China, quinto maior mercado dos vinhos português, está a ser alvo duma acção da Viniportugal, até 26 de Outubro, revelou esta entidade. O aumento das exportações para este país foi de 53,8%, sendo que para Macau foi de 93,8%, no primeiro semestre deste ano, exceptuando Vinhos do Porto e Madeira.
.
As provas da Viniportugal decorrem em Pequim, Xangai e Cantão até dia 26 (city tastings). Entre 30 de Outubro e 6 de Novembro, decorrem as chamadas «grand tastings», nas mesmas três cidades.
.
O vinho português será ainda promovido na Hong Kong Wine & Spirits Fair, de 8 a 10 de Novembro.

Museu do Côa e Lavradores de Feitoria juntos num vinho

A empresa Lavradores de Feitoria associou-se ao Museu do Côa para, em parceria, lançarem uma nova marca de vinho. Museu do Coa by Lavradores de Feitoria é o néctar que nasceu duma conjugação de vontades e materializado num tinto de 2009.
Segundo Fernando Real, presidente da Fundação Côa Parque, «este vinho é fruto de uma iniciativa – a primeira de outras que se seguirão com este ou outros players da região – com um significado muito especial porque resulta de um conjunto de ideias partilhadas. Quem comprar Museu Coa by Lavradores de Feitoria estará a alimentar o corpo e o espírito». Cada garrafa tem um vale para uma entrada gratuita no Museu do Côa.
Para Olga Martins, CEO da Lavradores de Feitoria, este é mais um passo para promover o Douro «no seu todo e em parceria, algo que faz parte da cultura» da empresa. «Com esta iniciativa estamos a aliar gastronomia com cultura, património e paisagem. Com o património vamos promover o nosso vinho e com o vinho trazer pessoas a conhecerem o Museu do Côa e o Douro».
.
O Museu do Coa by Lavradores de Feitoria Tinto 2009 é um vinho feito com uvas das quintas que a Lavradores de Feitoria possui na sub-região do Douro Superior (onde fica localizado o Museu do Côa), juntando touriga nacional (70%), tinta roriz (20%) e 10% de uma mistura de castas de uma parcela de vinhas velhas.
.
Com um preço de venda ao público recomendado de 15 euros, o Museu do Coa by Lavradores de Feitoria Tinto 2009 pode ser adquirido no Museu do Côa, mas também em garrafeiras e lojas seleccionadas em todo o país.
.
A concepção gráfica do rótulo do Museu do Coa by Lavradores de Feitoria foi inspirada numa das cabras materializada na «rocha 6» da Penascosa, sendo a cabra um dos quatro temas zoomórficos fundamentais mais figurados na arte paleolítica do Côa (juntamente com o cavalo, o auroque e os cervídeos).
.
A «rocha 6» da Penascosa é um painel vertical xisto-gauváquico, com uma superfície relativamente lisa, que guarda algumas gravuras da época Gravettense (+/-25.000 - +/-18.000 anos antes do presente), o mais antigo período da arte paleolítica do Côa. Dois cavalos e duas cabras surgem aqui associados, gravados por picotagem profunda e sobrepostos entre si. Há ainda um terceiro cavalo figurado mais à esquerda do painel. Todas estas figuras estão representadas em perfil absoluto, como que vogando num espaço etéreo, sem representação de solo. Embora ao ar livre, a profundidade dos traços originais destas gravuras ainda hoje permite a sua boa visualização.
.
.
.
Nota: Em breve este vinho será aqui comentado.

Heritage Wines lança Wine Skin

A Heritage Wines acaba de lançar no mercado português o Wine Skin, uma embalagem resistente, em plástico flexível e selado em todas as suas junções, «que permite o transporte seguro de vinhos e outras bebidas», refere a distribuidora em comunicado.
.
De acordo com a empresa, este produto «vem responder aos diferentes desafios no transporte do vinho: tanto para viagens, dado que as garrafas têm que ser obrigatoriamente transportadas em bagagem de porão, como para envios por correio ou transporte expresso».
. 
Wine Ski tem um interior revestido com bolhas de ar  e dupla selagem à prova de fugas, em caso da garrafa partir, garante a empresa. O objecto foi desenhado para ser utilizado em garrafas de 0,375 litro a 0,75 litro.

A Casa da Comida reinventa-se

O restaurante A Casa da Comida tem um novo conceito e um novo chefe. Estórias na Casa da Comida é a nova designação do que foi o primeiro restaurante em Portugal a receber uma estrela Michelin. Com 35 anos de existência, este espaço entra nova fase, garantem os responsáveis.
.
O novo chefe Miguel Carvalho, que já passou pelo Arola e pelo Amarra o Tejo,  «apresenta agora uma carta cheia de estórias portuguesas», segundo o comunicado do restaurante. Ricardo Morais é o novo escanção, vindo directamente do Bocca.

quinta-feira, outubro 18, 2012

Experiência multissensorial no The Yeatman

A loja do The Yeatman  «convida a uma viagem multissensorial pelo universo do vinho», informou em comunicado o hotel vínico de luxo do Porto.
.
«Para além de poder beber um copo de vinho no bar com vista para o Porto, jantar um menu de degustação vínica ou pernoitar num quarto com nome de um produtor nacional, pode agora adquirir na loja do The Yeatman os melhores vinhos e outros produtos relacionados com o vinho».
.
O estabelecimento apresenta uma selecção de vinhos das várias regiões, vinhos internacionais de referência e edições limitadas, juntam-se ainda livros, aguarelas e outros produtos, como chocolates, copos Riedel, produtos de beleza da Caudalie, marca do Spa do The Yeatman inspirada na vinoterapia, sabonetes Castelbel, chocolates Arcádia, azeites, entre outros.
.
Estão também disponíveis produtos da casa The Yeatman, entre os quais biscoitos, chás, blocos de notas e roupões.

Taylor's e Croft lançam Vintage Single Quinta

As caves de vinho do Porto Taylor’s e Croft, acabam de lançar os seus Vintage Single Quinta 2002, informou em comunicado a The Fladgate Partnership.
.
De acordo com a empresa, seguiu-se a tradição, com a guarda durante dez anos dos vinhos Vintage Quinta da Roêda 2002 e Vintage Quinta de Vargellas 2002. Este prazo permite «assegurar que estão prontos para consumo, sendo que o seu envelhecimento se poderá prolongar por pelo menos mais 20 anos».
.
O Vintage Quinta da Roêda provém «daquela que é considerada uma das melhores propriedades do Vale do Douro, onde se conservam os métodos tradicionais de pisa a pé em lagares de granito». De acordo com o texto, «as suas características únicas permitem produzir vinhos redondos, complexos e fortemente frutados, atributos que estão na essência do estilo inigualável da Croft».
.
O Vintage Quinta de Vargellas é produzido na propriedade com o mesmo nome, localizada no Douro Superior e «considerada a fonte dos melhores vinhos do Porto desde 1820. Os vinhos elegantes e subtilmente constituídos de Vargellas destacam-se pela sua fruta complexa e pelo característico aroma de violeta».

quarta-feira, outubro 17, 2012

Luís Cabral de Almeida na Herdade do Peso

Luís Cabral de Almeida é o novo enólogo da Herdade do Peso, regressando a Portugal após dez anos na Finca Flichman, empresa argentina que integra também o universo de marcas da Sogrape.

Grândola recebe encontro de produtores de vinho

O primeiro Encontro de Produtores de Vinho da Costa Alentejana vai decorrer a 26 de Outubro, na Herdade das Barradas da Serra, em Grândola. O evento pretende «dar a conhecer a qualidade dos vinhos produzidos na região junto dos profissionais, decisores e influenciadores do sector, críticos de vinho, restauração, retalho e público em geral», lê-se no comunicado da organização.
.
O evento, organizado pela Entidade Regional de Turismo do Alentejo Litoral e pela Associação de Desenvolvimento do Litoral Alentejano, vai contar com a Herdade do Brejinho, Herdade do Cebolal, Herdade da Comporta, Herdade das Cortes de Cima, Herdade da Monteira, Herdade dos Nascedios, Herdade do Porto Carro, Herdade das Soberanas, Monte da Serenada e Estabelecimento Prisional de Pinheiro da Cruz.

Primor vai ao SIAL

A Primor irá estar no SIAL (Salon International de l’Agroalimentaire International), uma das maiores feiras alimentares do mundo, que se realizará em Paris entre os dias 21 e 25 de Outubro, informou a empresa em comunicado. A participação neste certame «reflecte a aposta da marca na internacionalização, como estratégia para a expansão do negócio. As exportações representam já cerca de 30% do volume de negócios do grupo Primor».
.
Inserida no espaço da Portugal Foods, a Primor irá, juntamente com outras marcas de produtores nacionais do sector agro-alimentar, apresentar produtos de charcutaria portuguesa e divulgar a sua marca de carnes frescas, a ICM.

Viniportugal satisfeita com 2012

Cinco concursos internacionais (Decanter Wine Awards, International Wine Challenge, Concours Mondial de Bruxelles, Mundus Vinis e China Wine & Spirits Awards 2012) renderam resultados positivos aos produtores portugueses, considera a Viniportugal em comunicado.
.
Portugal foi premiado com um total de 1.371 medalhas: 297 no Concours Mondial de Bruxelles, 484 no International Wine Challenge, 291 no Decanter Wine Awards, 159 no Mundus Vinis e 140 no China Wine & Spirits Awards 2012.
«A qualidade do vinho português está a conquistar a crítica e foi reconhecida nos concursos internacionais, com uma elevada taxa de sucesso, pois cerca de 80% dos vinhos nacionais inscritos foram premiados», lê-se no comunicado.
.
No Concours Mondial de Bruxelles, os vinhos portugueses foram premiados com 297 medalhas, tendo Portugal ficado à frente de Itália, Chile e Austrália. «Foi ainda entregue a Portugal o prémio melhor vinho tinto em competição, classificação que destacou Poliphonia Signature 2008, vinho tinto alentejano da Granadeiro Vinhos».
.
No International Wine Challenge foram obtidas 49 medalhas de ouro. «Portugal assegurou o reconhecimento do terceiro lugar nesta distinta prova de vinho a nível mundial à frente de países com crédito no mercado internacional como Espanha, Chile e Itália».
.
Além das cinco medalhas de ouro, 80 de prata e 206 de bronze, Portugal conseguiu Decanter World Wine Awards 2012, Portugal viu reconhecido como «Homem do Ano 2012» Paul Symington.
.
A Casa Ferreirinha foi também distinguida internacionalmente com o prémio «Produtor do Ano 2012» pela Wine & Spirits Magazine, «legitimada pelas consistentes e elevadas classificações dos seus vinhos nas tabelas de provas da publicação»
.
O vinho português foi ainda reconhecido com 159 medalhas no concurso internacional de vinhos Mundus Vini 2012, somando uma medalha grande gold, 57 de ouro e 101 de prata nesta iniciativa organizada pela 12ª vez pela editora alemã especializada em vinhos e bebidas alcoólicas Meininger Verlag. Nesta competição, os vinhos nacionais disputaram o concurso com 6.019 vinhos de 44 países e foram apreciados pelo júri, composto por 300 especialistas de 46 países. O grupo Enoport United Wines foi declarado «o melhor produtor europeu de 2012» e evidenciou-se nesta competição ao ser galardoado com cinco medalhas de ouro e dez medalhas de prata.
Portugal garantiu ainda «uma boa participação» no China Wine & Spirits Awards 2012, classificando-se como o segundo país mais medalhado na terceira edição deste concurso. Com 140 medalhas atribuídas, os vinhos portugueses foram apenas superados pelos vinhos australianos, tendo ainda sido reconhecidos com sete double gold medals, uma selecção feita a partir das medalhas de ouro e que distingue os melhores entre os melhores.

Wine Enthusiast aprova Catedral Reserva

A revista americana Wine Enthusiast nomeou o Catedral Reserva Tinto 2008  (Dão) como a nona melhor compra de 2012, com 90 pontos, informou a Enoport em comunicado.
.
De acordo com a empresa, para apurar a lista do top 100, o painel de jurados da Wine Enthusiast provou mais de 17.000 vinhos de todo o mundo.

Mouchão lança Ponte das Canas 2009

A Herdade do Mouchão apresenta a nova colheita do seu Ponte das Canas, um vinho lançado pela primeira vez em 2007. Ponte das Canas 2009 é um vinho composto pela casta alicante bouschet. A par da emblemática casta da região e da casa, este vinho tem no lote touriga franca, touriga nacional e syrah.

Novo Três Bagos

Os Lavradores de Feitoria (projecto que reúne 15 produtores, proprietários de 18 quintas do Douro) anuncia um novo Três Bagos e faz um «balanço muito positivo no que toca à performance dos oito primeiros meses do ano, com as vendas a aumentarem 42% (no mercado interno) face ao período homólogo: acumulado Janeiro-Agosto», lê-se num comunicado da empresa.
O produtor duriense lança o Três Bagos tinto 200’, isto depois da colheita de 2008, lançada no início do ano, «ter esgotado em tempo recorde». Foi a marca Três Bagos (gama média e marca âncora da Lavradores de Feitoria) a que mais contribuiu para os resultados alcançados.
.
O novo vinho resulta dum lote de tinta roriz, touriga nacional e touriga franca. O Três Bagos tinto 2009 é um vinho com estágio parcial em madeira (barricas de carvalho francês).

Adega de Favaios premiada na China

A Adega de Favaios venceu quatro troféus no China Wine & Spirits Awards 2012. O Moscatel Reserva ganhou uma medalha de ouro e a distinção Fortified Trophy 2012, o Foral da Vila Branco 2011 obteve uma medalha de Prata e o mais recente espumante da marca o selo de Highly Commended.

Fonseca com novo site

A casa Fonseca, de Vinho do Porto, tem um novo site na internet (www.fonseca.pt), que oferece informações detalhadas sobre mais de 50 vinhos, «incluindo dicas, ideias, receitas e, mais importante, os locais onde pode encontrar estes vinhos em todo o mundo», revelou a The Fladgate Partnership em comunicado.
.
«Para o coleccionador e escanção, o site fornece notas de prova dos vintages da Fonseca, desde o 1900. Para o consumo mais regular, há ideias de associações e receitas, incluindo a de uma irresistível mousse de chocolate com o Fonseca Bin 27 e a de um leite-creme que acompanha divinalmente o Fonseca Tawny 10 Anos».
.
O site dá informações sobre a visita à Quinta do Panascal, a principal quinta da Fonseca, que está aberta durante todo o ano. O centro de visitas da Quinta do Panascal disponibiliza provas dos vários Vinhos do Porto da Fonseca, uma visita áudio pelos vinhedos e, durante o tempo da vindima, a oportunidade de assistir à tradicional pisa a pé.

Vinhos do Tejo trazem medalhas da China

Os vinhos do Tejo Occidentis Tinto 2009 e Capoeira Tinto 2010, do produtor Casal Branco, venceram a medalha de Ouro Duplo no concurso China Wine Awards, revelou a Comissão Vitivinícola Região do Tejo (CVRT).
.
A região viu dois outros vinhos ganhar a medalha de Ouro, o Terra Silvestre Reserva Tinto 2010 (Agro- Batoréu), bem como o Falcoaria Reserva Tinto 2007 (Casal Branco).
.
Receberam a medalha de Prata os vinhos Casal do Conde Colheita Selecionada Tinto 2011, o Casal do Conde Tinto 2011, ambos da Sociedade Agrícola Casal do Conde, bem como o Quinta do Casal Branco Tinto 2009 e o Falcoaria Tinto 2008, ambos do Casal Branco.
.
Com a medalha de Bronze ficou o vinho Quartilho Tinto 2009 (Casal Branco). Na categoria Melhor Relação Qualidade-Preço, os vinhos do Tejo conquistaram tres medalhas: uma de Prata para o vinho Casal do Conde Tinto 2010 (Sociedade Agrícola Casal do Conde), e duas de Bronze para os vinhos Terra Silvestre Tinto 2010 e Terra Silvestre Reserva Tinto 2010 (Agro-Batoréu).

Esporão lançou Torre 2007

O Esporão lançou o Torre 2007, uma referência que só surge em anos considerados excepcionais. As vinhas que deram origem ao Torre 2007 crescem em solos de transição entre o granito e o xisto, têm em média 20 anos de idade e uma produção de 25 hectolitros por hectare. As castas que fazem parte deste vinho são aragonês, alicante bouschet, a touriga nacional e o syrah. Após vindima manual, escolha das uvas e desengace, as uvas foram vinificadas separadamente, com a fermentação alcoólica em lagares e a fermentação maloláctica a decorrer em barricas, onde os vinhos repousaram 18 meses. Depois de ser feito o lote final, o vinho estagiou três anos na garrafa. Da colheita de 2007 do Torre foram produzidos 3.000 litros. 

Quintas de Melgaço com novo site

As Quintas de Melgaço têm novo site na internet, www.quintasdemelgaco.pt, já online, anunciou a empresa em comunicado. «Esta é uma estreia que finaliza a renovação de imagem da marca, iniciada com a apresentação do novo rótulo do vinho Alvarinho Trajadura Torre de Menagem.
.
O investimento total ascendeu aos 20 mil euros e teve como objectivo tornar a imagem das Quintas de Melgaço mais moderna, clean e dinâmica, em consonância com o reconhecimento que tem obtido para os vinhos alvarinho, que exporta para 15 países.

domingo, outubro 07, 2012

Margão lança novo kit para receitas

A Margão lançou o novo Kit Receitas Inspiradoras. Disponível em quatro versões, o novo kit consiste na combinação de ervas e especiarias. Cada embalagem contém uma receita desenvolvida pela Margão e as especiarias pré-doseadas necessárias para a mesma: frango com alecrim, mel e limão; caril de frango, carne de vaca com ervas do Mediterrâneo e carne de porco com maçã e ervas aromáticas.

Cais da Villa celebra vindimas

O Cais da Villa (restaurante, e lounge) desenhou um menu para assinalar as vindimas no Douro, composto por quatro pratos em harmonia com quatro vinhos (diferentes a cada uma das cinco semanas) e que está disponível desde o dia 16 de Setembro até ao dia 20 de Outubro, por 35 euros por pessoa, informou o estabelecimento.
Como entrada, o chefe Daniel Gomes sugere filetes de sardinha em tosta de broa de milho com molho de escalivada. Segue-se um bacalhau confitado em azeite e ervas finas com estufado de couve e batata ao alho. O prato de carne consiste num medalhão de vitela maronesa, acompanhado com ragú de cogumelos e espargos em vinho tinto. Para finalizar, um crocante de uvas com molho de mel.
Numa parceria conjunta com cinco produtores da região (Adega de Vila Real, Lavradores de Feitoria, Niepoort, Quinta do Crasto e Real Companhia Velha), o menu das Vindimas harmoniza a cada prato com um vinho diferente.

Estudantes do ISCTE vencem em inovação do azeite

Uma equipa de alunos da licenciatura de Gestão de Marketing do ISCTE Business School (IBS) foram distinguidos com o primeiro Prémio do Concurso lançado pela Confederação de Agricultores de Portugal (CAP) que visava a Inovação do Setor do Azeite, informou a organização agrícola em comunicado.
.
Os alunos da IBS vencedores, Inês Candeias Martins, Fernando Diogo Carneiro e Ricardo António Avelino apresentaram um projecto de marketing que constava de um plano para a internacionalização do azeite português para os mercados dos Estados Unidos, Canadá, Rússia e China, bem como um conjunto de iniciativas para a valorização e reforço de competências dos pequenos produtores nacionais.
.
Esta iniciativa da CAP tem como objectivo de fomentar a criação de conhecimento aplicado à agricultura e meio rural, e de promover a sensibilização dos jovens para este sector. A primeira edição do concurso teve lugar durante ano lectivo de 2011/2012, tendo como temática a inovação no sector do azeite. Os participantes foram desafiados a desenvolver trabalhos relacionados à luz das mais diversas áreas científicas, passando pela agronomia, gestão, marketing, design.
.
Na primeira edição concurso, inscreveram-se 83 grupos de estudantes universitários (de licenciatura e mestrado) num total de 306 alunos. Na apresentação dos 30 projectos finalistas estiveram presentes estudantes de Marketing, Gestão, Design, Nutrição, Agronomia, Química, Energia, oriundos de 22 estabelecimentos de Ensino Superior. O primeiro prémio vai também possibilitar que os alunos da IBS façam, a convite da CAP, uma intervenção no Congresso Ibérico de Produtores de Azeite a realizar em Fevereiro de 2013.

Terras de Alter vence na China

A Terras de Alter CV recebeu três medalhas no China Wine Awards, o maior concurso de vinhos da China. O Terra d’Alter Touriga Nacional 2010, o novo monovarietal da Terras de Alter, foi reconhecido com a classificação Duplo Ouro e recebeu o Alentejano Trophy, que o distingue como o melhor vinho alentejano. O Outeiro Tinto 2009, vinho premium da marca, venceu uma Medalha de Ouro e o Reserva Branco 2010, medalha de prata.

Adega Mayor ganha cinco medalhas no Mundus Vini

Os vinhos da Adega Mayor conquistaram cinco medalhas no Mundus Vini Great International Wine Award 2012.Pai Chão 2008 e Solista Touriga Nacional 2010 foram galardoados com a medalha de ouro, enquanto o Reserva do Comendador Tinto 2008 e Monte Mayor Tinto 2010 foram distinguidos com a medalha de prata, à semelhança de Orionte, o recentemente lançado vinho licoroso da Adega Mayor.

Lançado novo Monte das Servas Colheita Seleccionada

A Herdade das Servas lançou o Monte das Servas Colheita Seleccionada tinto 2010. Este vinho resulta de um lote de touriga nacional (40%), Alicante bouschet (20%), sirah (20%) e trincadeira (20%). Com estágio parcial em madeira, a touriga nacional foi afinada durante 12 meses em barricas de carvalho francês.

Novo Guia Popular de Vinhos de Aníbal Coutinho

O crítico de vinhos Aníbal Coutinho lançou o Guia Popular de Vinhos 2013, com escolhas entre os dois e os dez euros no supermercado. Esta é a sétima edição da publicação e baseia-se na escolha de 529 vinhos para consumo diário.
.
Disponível nas bancas por um preço de 9,99 euros, o Guia Popular de Vinhos 2013 apresenta cada vinho com o preço (em dois intervalos de dois a cinco euros e de cinco a dez euros), uma breve nota de prova, a região de origem, o teor alcoólico e distingue com um, dois ou três corações os melhores entre os melhores da publicação.