domingo, Novembro 27, 2011

Quinta do Quetzal Reserva Tinto 2008

Este vinho coloca-me numa difícil situação. Por um lado está a filosofia do blogue, que pontua e aplaude com base no gosto pessoal. Noutro lado está a necessidade de reconhecer a qualidade intrínseca dum vinho, o que nada tem a ver com gosto pessoal. Num lado pesa o conceito e no outro o reconhecimento que não se pode abater à paulada um vinho que, ainda que tendo qualidade, não atrai mesmo nada, nem que seja pelo respeito que merecem profissionais competentes e com muitas provas dadas.
.
Penso que já perceberam que não apreciei este vinho. Não o quero espancar, mas também não posso fingir que está tudo bem. 
.
Uma coisa que não gostei foi o seu carácter totalmente internacional. Meterem-lhe no rótulo a denominação Alentejo serve como piada. Não há ali nada de alentejano, talvez só a adoptada alicante bouschet. Nem de alentejano nem de português.
.
Não gostei do excesso de madeira, que tapa a fruta, uma tímida ameixa preta. E eu que gosto de madeira… Na boca é aveludado, envolvente, cheio, tem bom final… muita madeira…
.
Não tenho dúvidas que muita gente gostará deste vinho, até porque a sua qualidade foi reconhecida por júris internacionais: Vinalies 2011 e Mundus Vini 2011, ambos com medalha de ouro.
.
Para ser honesto… avaliando a qualidade formal daria um 6,5 (muito bom / excelente), na apreciação subjectiva do gosto daria 2 (evitável). Ponderando as duas coisas, acima está a filosofia do blogue.
.
Origem: Alentejo
Produtor: Quinta do Quetzal
Nota: 3,5/10
.
Nota: Este vinho foi enviado para prova pelo produtor.

Sem comentários: