quinta-feira, Dezembro 31, 2009

Pêra Manca Branco 2001

Este foi dos vinhos que maior prazer me deu a beber em 2009. Bem evoluído, muito complexo.
.
No nariz nota-se aromas de resina, fruta cristalizada, um discreto toque de mel. Na boca não desilude o que o nariz prometeu, com boa acidez, alguma mineralidade e a frescura conferida pelo arinto.
.
.
.
Origem: Évora - Alentejo
Produtor: Fundação Eugénio de Almeida
Nota: 8,5/10

San Joanne Passi [2008]

O rótulo não indica o ano, mas dá para perceber, por uma nota no contra-rótulo, que é de 2008. O vinho foi-me recomendado na Garrafeira de Campo de Ourique, pela simpática Mafalda Santos, e a dica compensou.
.
É Fresco, traz passa, mas não demasiado doce nem pesado. Tem um bom final e é feliz por não ser demasiado alcoólico (10,5%).
.
.
.
Origem: sem referência [Vinho Verde / Minho]
Produtor: Casa de Cello
Nota: 7/10

Le Volte 2006

Um italiano de grande interesse. No nariz gostei das bagas, da ameixa, quase em passa, e da presença da madeira. A boca não desiludiu e apreciei os taninos ainda por domesticar.
.
.
.
Origem: Toscana IGP
Produtor:
Nota: 7/10

Weighbridge Peter Lehmann Cabernet Sauvignon Merlot 2006

Eis um vinho absolutamente desinteressante e, apesar disso, a preço impensável. Custou quase 10 euros, montante que permite a compra de coisas bem boas.
.
É um vinho com notas florais e ameixa preta. Magro e curto de boca.
.
.
.
Origem: South Australia
Produtor: Peter Lehmann
Nota: 3/10